As piores campanhas do Uruguai na Copa do Mundo

A Seleção Uruguaia tem muita importância no futebol, pelo grande fato de ser a primeira campeã da Copa do Mundo, &hellip
As piores campanhas do Uruguai na Copa do Mundo
As piores campanhas do Uruguai na Copa do Mundo

A Seleção Uruguaia tem muita importância no futebol, pelo grande fato de ser a primeira campeã da Copa do Mundo, no ano de 1930. Além dessa conquista, os uruguaios também venceram duas Olimpíadas, em 1924 e 1928, e protagonizaram um dos momentos mais marcantes do futebol: o Maracanaço.

Após terem vencido a segunda Copa do Mundo contra o Brasil em pleno Maracanã, ano de 1950, os uruguaios viveram mais momentos de dificuldade do que de glória, com campanhas pífias em Mundiais.

Se você quer apostar online no Uruguai na Copa do Mundo, talvez seja bom relembrar suas piores campanhas na história do torneio.

 

1962 — Fase de grupos

Após ter tido outro bom desempenho em 1954 ao ficar em quarto lugar, o Uruguai decepcionou em 1958 por não ter conseguido nem se classificar para o torneio.

Em 1962, quando poderia reverter a imagem negativa que deixara de quatro anos antes, decepcionou a nação celeste novamente. O grupo não era fraco, mas se esperava mais de uma seleção que já era bicampeã mundial. A única vitória na fase de grupos da Copa do Mundo foi contra a Colômbia; a eliminação veio pelas derrotas contra Iugoslávia e União Soviética, atualmente extintas.

 

1974 — Fase de grupos

Se a Seleção Uruguaia de Futebol enfrentou dificuldades em 1962, em 1974 foi ainda mais difícil. Os sul-americanos estiveram em um grupo contra três europeus: as fortes equipes de Bulgária e Suécia, que viviam fases regulares no futebol, e a Holanda de Johan Cruyff e Rinus Michels, um dos melhores times já vistos em todas as apostas esportivas.

O time do Uruguai chegou à última rodada com chances de classificação, mas perdeu de maneira vergonhosa para a Suécia e deu adeus na fase de grupos.

 

2002 — Fase de grupos

Felizmente, o time do Uruguai não se decepcionou sozinho em 2002, já que os franceses, atuais campeões na ocasião, estavam no grupo e também foram eliminados na primeira fase da Copa do Mundo.

Na Copa do Catar 2022, 20 anos depois, espera-se um rendimento muito melhor de ambas as seleções, tanto do Uruguai, que já está em jejum de títulos há 72 anos, quanto da França, que é a atual campeã novamente.

 

Acompanhe o Uruguai na Copa do Mundo de 2022 aqui na Apostaquente

Uma nova Copa do Mundo se aproxima, e o Uruguai tentará mostrar um desempenho diferente, buscando o feito que já não vem há sete décadas. Se você acredita que o Uruguai possa ir longe na Copa do Mundo de 2022, venha para a Apostaquente, a casa de apostas ideal para acompanhar o maior torneio de futebol.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagem anterior
Semifinais da Copa do Brasil: times com mais aparições

Semifinais da Copa do Brasil: times com mais aparições

Próxima postagem
As piores campanhas da Argentina na Copa do Mundo

As piores campanhas da Argentina na Copa do Mundo